SURA 90
AL-BÁLAD (A CIDADE)
Período de Meca

Esta Sura, que foi revelada em Meca, tem 20 versículos. Deriva seu nome da palavra, a Al-Balad (A cidade) no primeiro versículo. A maioria dos intérpretes sustenta que a cidade do versículo está se referindo a Meca. Chama a atenção para a nossa criação e muitos favores de Deus Todo-Poderoso sobre nós, e lembrando-nos do Seu Poder, a Sura convida-nos a ajudar um ao outro – especialmente vir em auxílio dos necessitados – e se preparar para a próxima vida. Ela ameaça aqueles que não creem em Revelações de Deus com o Fogo do Inferno.

Em Nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.

 

Em Nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.

 

1.    Juro por esta (sagrada) cidade (Meca) –

2.    E tu (ó Mensageiro) és um morador nesta cidade –

3.     E por ele (Abraão) que gera, e ele (Muhammad), a quem ele gerou –

4.    Com efeito, criamos o ser humano em atmosfera de julgamento e aflição.


Os versículos 117-119 da Sura Tá Há dizem que por ser expulsa do jardim original onde Adão e Eva tinham se estabelecido, a humanidade está envolvida numa vida cheia de aflições, incluindo fome, sede, frio e calor. Existem, naturalmente, outras dificuldades em que os seres humanos são obrigados a sofrer no mundo. Além disso, aqueles que estabeleceram os seus corações em ideais sublimes geralmente sofrem grandes dificuldades e perseguições. Aqueles que estão mais expostos a tais dificuldades e perseguições são os Profetas, e depois vem os outros crentes, cada um de acordo com a força relativa da sua fé e do seu grau de proximidade de Deus. No entanto, a vida é purificada, aperfeiçoada, e produz frutos através dessas aflições e provações. A inércia, ou a vida fácil, é um equivalente à beira da morte. 


5. O ser humano acha que ninguém tem poder sobre ele?

6. Ele diz: “Eu tenho consumido riquezas abundantes!”

7. Ele, então, acha que nunca ninguém o vê?

A riqueza pode fazer o seu proprietário vangloriar- se dela, e ver nele/nela um grande poder. Há muitas pessoas ricas que se vangloriam de riqueza gastas, mas desde que gastá-las sobre prazeres passageiros do mundo, ou pela fama ou por exibições, não vai contribuir em nada para a sua prestação de conta perante Deus e não será de nenhuma utilidade para eles na Outra Vida. No entanto, como é Deus quem determina o modo de vida de todos e dota as pessoas com a capacidade necessária, o poder e os órgãos saudáveis de ganhar o seu sustento, o que os seres humanos devem fazer é agradecer a Deus e gastar a sua riqueza como Deus ordenou.

8. Não o dotamos com um par de olhos,

9. E uma língua e dois lábios,

10. E mostramos-lhe os dois caminhos (um a seguir, e um a evitar)?

11. No entanto, ele não faz nenhum esforço para enfrentar o obstáculo.

12. O que permite que entendas o que é o obstáculo?


A ascensão significa o caminho para a perfeição humana e, portanto, a Deus. Os próximos cinco versículos definem alguns passos desta ascensão.


13. É a libertação de um escravo (ou cativo);

14. Ou alimentar, em um dia de privação,

15. O parente órfão,

16. Ou o pobre na miséria;

17. E, sendo, além disso, dos que acreditam e exortam uns aos outros a paciência e exortam uns aos outros a piedade e a compaixão.

18. Essas são as pessoas de felicidade e prosperidade (a quem serão dados seus registros na mão direita no Dia do Julgamento).

19. Mas aqueles que não creem em Nossas revelações - são as pessoas da miséria (a quem serão dados seus registros na mão esquerda),

20. O Fogo se fechará sobre eles.
 

O ALCORÃO Com Interpretação Anotada por Ali Ünal, Tughra Books