Home > Orações> O Tributo Purificador

Jar doação

O Tributo Purificador (Zakat)

A caridade está sistematizada no Islam de várias formas. Enquanto que a sadaqa (a caridade) é voluntária, o zakat se incumbe a cada muçulmano que tem certa quantidade de riqueza. Zakat deriva de tazakka cujo significado é “purificar”. Zakat, por isso, faz referência a manter a nossa riqueza limpa e sagrada outorgando 2,5% da mesma ao pobre. Isto consequentemente faz o crente e sua riqueza crescer e acreditar na pureza e sinceridade. (Surata at Tauba, 9:103).

 

O tributo purificador é um pilar muito importante da prática islâmica e isto é confirmado pela sua associação com as orações diárias (salat) em 82 vezes no Alcorão. A caridade é um mérito infundido por todas as religiões divinamente reveladas e outros sistemas de crenças. O Islam não proíbe o acumular de posses porque forma parte da natureza humana; mas o Islam exige que o rico partilhe a sua riqueza com o pobre. Allah é o único dono de todas as coisas e Ele designou um pagamento justo para o pobre obtido da riqueza do rico. Por tanto, reclamar a possessão e recusar partilhar com o pobre é, de fato confiscar os direitos do pobre e é uma violação dos direitos humanos.

“Satanás vos ameaça com a miséria e vos induz à obscenidade; por outro lado, Allah vos promete a Sua indulgência e as Suas graças, porque é Munificente, Sapientíssimo” (Surata al-Baqara, 2:268).

 

Allah, por outro lado, prometeu que a riqueza nunca será diminuída pela caridade.

“Dize-lhes: Em verdade, meu Senhor prodigaliza e restringe Sua graça a quem Lhe apraz, dentre os Seus servos. Tudo quanto distribuirdes de caridade Ele vo-lo restituirá, porque é o melhor dos agraciadores” (Surata Sabá, 34:39)

 

O zakat é uma forma obrigatória de caridade obtida das nossas poupanças. Não é um imposto de ingresso, mas um imposto de emancipação. Os destinatários principais são o trabalhador pobre, que não pode cumprir com todas as suas necessidades sem alguma ajuda adicional e o indigente que incluso não pode cumprir com as suas necessidades mais básicas. Também se emprega para liquidar as dívidas dos incapazes de liquidá-las, tal como para libertar os escravos e resgatar prisioneiros de guerra. O zakat é também uma virtude importante dos muçulmanos e Allah adverte os que faltam de observar “um doloroso castigo” como está descrito nos seguintes versículos do Alcorão:

 

“Os crentes e as crentes são protetores uns dos outros; recomendam o bem, proíbem o ilícito, praticam a oração, pagam o zakat, e obedecem a Allah e ao Seu Mensageiro. Allah Se compadecerá deles, porque Allah é Poderoso, Prudentíssimo.”. (Surata at-Tawba, 9:71)

 

“Quanto àqueles que entesouram o ouro e a prata, e não os empregam na causa de Allah, anuncia-lhes (ó Mohammad) um doloroso castigo”. (Surata at-Tawba, 9:34)