A PROFECIA E A MISSÃO DE PROFETA MUHAMMAD

 

Allah criou cada comunidade de seres com um propósito e um guia ou um líder. É inconcebível que Allah, exaltado seja, Que concedeu às abelhas uma rainha, às formigas um líder, e aos pássaros e aos peixes um guia, iria nos deixar sem profetas para nos orientar para a perfeição espiritual, intelectual e material.

 

Embora consigamos encontrar Allah com a reflexão quanto ao fenômeno natural, necessitamos de um profeta para aprendermos porque fomos criados, de onde viemos, para onde estamos indo, e como adoramos ao nosso Criador apropriadamente. Allah enviou profetas para ensinar seu povo o significado da criação e a verdade das coisas, de descerrar os mistérios por trás dos eventos históricos e naturais, e para nos informar a respeito da nossa relação e das Escrituras Divinas com o universo.

 Sem profetas não teríamos feito nenhum progresso científico. Enquanto aqueles que adotam as teorias evolucionárias para explicar os eventos históricos tentam atribuir tudo ao acaso e à evolução determinística, os profetas nos orientaram a humanidade em intelectual e, portanto, científica iluminação. Consequentemente, os fazendeiros aceitam tradicionalmente o profeta Adão como seu primeiro mestre, os alfaiates aceitam o profeta Enoque, os armeiros e marinheiros aceitam o profeta Noé, e os relojoeiros aceitam o profeta José. Também, os milagres dos profetas marcaram os pontos finais em avanços científicos e tecnológicos, e convocaram as pessoas a aproximarem-se deles.

 

Os profetas orientaram as pessoas através da conduta pessoal e das religiões e escrituras celestiais que eles transmitiram para desenvolver suas capacidades inatas, e as dirigiram na direção do propósito de sua criação. Se não fossem eles, a humanidade (o fruto da árvore da criação) teriam sido deixados em decadência. Como a humanidade necessita de justiça social tanto quanto ela necessita paz interna privada, os profetas ensinaram as leis da vida e estabeleceu as regras por uma vida social perfeita baseada na justiça.

 Quando as pessoas caem nas trevas após um profeta, Allah envia outro para iluminá-las. Isso continuou até a vinda do último Profeta. A razão pelo envio dos profetas Moisés e Jesus requereu que o Profeta Muhammad fosse enviado. Como a sua mensagem foi para todos, não importa o tempo e o espaço, a profecia terminou com ele.

Devido a certos fatos sociológicos e históricos, que requerem uma longa explicação, o Profeta Muhammad (sallallahu alaihi wa sallam) foi enviado com “misericórdia para a humanidade”. Por essa razão, os muçulmanos acreditam em todos os profetas e não fazem distinção entre eles:

 

“O Mensageiro crê no que foi revelado por seu Senhor, e todos os crentes

creem em Allah, em Seus anjos, em Seus Livros e em Seus mensageiros.

Nós não fazemos distinção entre os Seus mensageiros. Disseram:

Escutamos e obedecemos. Só anelamos a Tua indulgência, ó Senhor

nosso! A Ti será o retorno!” (2:285).

 

Por isso que o Islam, revelado por Allah e transmitido para a humanidade pelo Profeta Muhammad (sallallahu alaihi wa sallam) é universal e eterna.

 

Descrever a profecia e narrar as histórias de todos os profetas está além do alcance deste livre. Focalizando-se na profecia do selo dos profetas que nos informou a respeito dos outros profetas e as Divinas Escrituras, e fez o nosso Senhor ser conhecido por nós, faremos os outros profetas serem conhecidos e provaremos a sua profecia.

 

Crer em Allah, a fonte da felicidade, e seguir o último profeta e Mensageiro de Allah (sallallahu alaihi wa sallam) são as chaves da prosperidade em ambos os mundos. Se quisermos ser salvos do desespero e de todos os aspectos negativos da vida, e atingirmos a perfeição intelectual, espiritual e material, devemos crer de todo o coração que Muhammad é o Mensageiro de Allah (sallallahu alaihi wasallam) e seguir a sua orientação.