SURA 111

TABBAT (A RUÍNA)

Período de Meca

 

Revelada em Meca no início do período da era de Meca da missão do Profeta Muhammad, esta Sura de 5 versículos leva o seu nome a partir do verbo, Tabbat (ser arruinado), no primeiro versículo. Ela promete e anuncia o perecimento de Abu Lahab e sua mulher, Ummu Jamil, o que implica na perdição que aguarda pessoas semelhantes.

 

Em Nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.

 

1. Que sejam arruinadas as duas mãos de Abu Lahab, e assim se pereça!

 

Abu Lahab foi um dos tios do Profeta Muhammad. Abu Lahab, ou seja, o pai da chama, é um apelido que foi dado a ele enquanto ele era criança por causa do brilho rosado em suas bochechas. Ele foi um dos mais ferozes inimigos do Mensageiro e do Islam. Desde que ele era o tio do Mensageiro (que Deus o abençoe e lhe dê paz) ele o sabia muito bem e, portanto, era esperado que acreditasse nele. Mas ele teimosamente rejeitou-o e se opôs a ele. Ele amaldiçoou-o, dizendo: Que suas mãos sejam arruinadas, o que significa “Que fiques com nada de bom em tudo e pereça!” Então, por causa de sua inimizade ilimitada, o Alcorão designou-o como o Pai da Chama, significando que ele era um destinado a estar entre aqueles que sofrem o maior tormento no Fogo do Inferno, e previu que ele iria morrer sem aceitar a fé e ser deixado sem nenhum bem. Aconteceu exatamente como o Alcorão anunciou. Ele morreu em grande tristeza quando soube que o exército de Meca tinha sido derrotado na batalha de Badr. Por causa de sua doença, que era muito contagiosa, ninguém se atrevia de se aproximar do seu corpo para enterrá-lo. Depois de alguns dias, eles cavaram um buraco e, empurrando seu corpo com porretes longos, enterraram-no com pedras que eles atiraram por cima do cadáver

de certa distância.

 

2. De nada lhe valerá sua riqueza, nem os seus ganhos.

 

3. Ele entrará na Chama Ardente para abrasar-se;

 

4. E (com ele), sua mulher, portadora de lenha (e de contos do mal e da difamação),

 

5. Em torno de seu pescoço haverá uma corda de esparto, fortemente retorcida.

 

A esposa de Abu Lahab, a Arwa Ummu Jamil, não era menos do que o marido em sua inimizade ao Mensageiro (que Deus o abençoe e lhe dê paz). Ela espalhava espinhos ao longo caminho do Mensageiro e na frente de sua casa. Ela também caluniou a Mensagem que ele trouxe, sendo vista a acender chamas do ódio e inimizade contra ele e seus seguidores. Assim, o Alcorão anuncia o tipo de punição que seria dada no Inferno. Ela irá queimar no Inferno e transportar a lenha do seu fogo em volta do pescoço, a parte do seu corpo onde ela usava colares preciosos.