4 de nov. de 2021

PERGUNTA: O que a fitra (a natureza primordial) significa?

RESPOSTA: Numa autêntica tradição, o Profeta (sallallahu alaihi wa sallam) disse que todas as crianças nascem com a fitra, e então seus pais que a fazem adotar outra fé (ou nenhuma fé).

Essa tradição significa que cada um o potencial inato de se tornar muçulmano. O Islam é a religião natural de todas as criaturas, uma vez que ela significa “paz, salvação e obediência.” Uma vez que tudo obedece a Allah absolutamente e funcionam de acordo com as Suas leis, todas as criaturas são muçulmanas. Cada estrutura física do ser, não importa a religião ou a falta dela, se são humanos ou gênios, são muçulmanos, uma vez que todos os corpos operam de acordo com as leis de Allah, o Todo-Poderoso, determinadas para eles. Se um recém-nascido pode levar uma vida totalmente monástica, livre dos efeitos ambientais, ele ou ela permanecerá um/a muçulmano/a natural. Essa tradição também significa que a mente do recém-nascido é como uma fita em que tudo pode ser gravado, uma massa de pão que pode ser moldada em qualquer coisa, um papel em branco em que qualquer coisa pode ser escrita. Se você consegue proteger a sua mente de qualquer fonte externa de corrupção, você receberia quer coisa relacionada ao Islam facilmente e se tornar um perfeito muçulmano. Mas se a sua mente se torna impura, ou você injetar nela as tentações, crenças e condutas de outra religião (ou ateísmo), você ou adotará outra fé ou encontrará muitos problemas em seu caminho para se tornar um bom muçulmano.

Os recém nascidos representam sementes que podem produzir bons muçulmanos, pois são todas sementes de futuros muçulmanos. Condições adversas são a causa de essas sementes se deformarem ou se estragarem, e essas pessoas eventualmente adotarem outra fé ou nenhuma. Portanto, para conseguir bons muçulmanos devemos fazer o melhor de nós para melhorar e cercar as nossas condições sócias e familiares. Após a criança atingir a puberdade, os pecados são a causa primária da deformação das sementes. Uma vez que cada pecado tem o potencial de levar as pessoas à descrença, devemos proteger a nós mesmos contra os pecados. Educação familiar e ambiente social são também de grande importância.