• CIDI

O Decreto Divino e o Destino III

Colocado no site em 15.03.2006

Autor M.Fethullah Gülen


Em Relação à Vontade Divina


Allah registra tudo em Seu Conhecimento em um registro que contém as características de cada coisa, o período da vida, as provisões, tempo e lugar do nascimento e da morte, e todas as suas palavras e ações. Tudo isso é determinado pela Vontade Divina, pois através dela que cada coisa e evento, quer no reino do Conhecimento Divino ou no seu mundo, são conhecidos e dão certo curso ou direção. Nada existe além do alcance da Vontade Divina.


Por exemplo, um embrião enfrenta inumeráveis alternativas: Se será um ser vivo, se irá existir ou não, quando e onde ele nascerá e morrerá e por quanto tempo irá viver, para citarmos apenas poucas delas. Todos os seres são completamente únicos na aparência e fisionomia, caráter, semelhantes, gostos e preferência, etc., apesar de serem formados dos mesmos elementos básicos. Uma partícula de comida entrando num corpo, se um embrião ou totalmente desenvolvido, também enfrenta inumeráveis alternativas até o seu destino final. Se uma única partícula destinada para a pupila do olho direito fosse para a orelha direita, isso resultaria numa anomalia.


Assim, toda a abrangente Vontade Divina ordena tudo de acordo a um miraculosamente calculado plano e é responsável pela miraculosa ordem e harmonia do universo. Nenhuma folha cai e nenhuma semente germina a não ser que a vontade de Allah o queira.


O nosso livre arbítrio está incluído na Vontade Divina. Porém, a nossa relação com a Vontade Divina difere da dos outros seres, pois somente nós (e os gênios) podemos escolher como uma consequência de termos livre arbítrio. Baseados em Seu Conhecimento de como iremos agir e falar, Allah, o Todo-Poderoso, registrou todos os detalhes da nossa vida. Como Ele não está restrito por divisão artificial de tempo em passado, presente e futuro, o que nós consideramos de predeterminação existe em relação a nós, não para o Próprio Allah. Para Ele, predeterminação significa Seu conhecimento eterno de nossos atos.1


Em suma: A Vontade Divina domina a criação, e nada pode existir ou acontecer além de seu campo. É também responsável pela miraculosa ordem e harmonia do universo, e dá a cada coisa e evento uma específica direção e características. A existência da Vontade Divina não nega o livre arbítrio humano.



Nota 1: O Islam não aceita o conceito deísta de Allah, ou seja, que Ele criou o universo e o deixou seguir sozinho. Somos contidos pelo tempo e pelo espaço e, portanto, somos limitados em seguir os seguintes caminhos: não conseguimos tirar exatamente verdadeiras conclusões sobre a relação entre o Criador e a criação, não conseguimos perceber a eternidade, e temos pouca informação sobre este mundo. Allah está além de tempo e espaço, só infinito e do eterno. Ele conserva o universo em Sua “Mão” e o controla e o maneja como quer. Porém, para que possamos vislumbrar Suas ações e adquirir algum conhecimento Dele e de Seus atributos, Ele permite àqueles de Suas manifestações relacionadas à criação de serem limitadas pelo tempo e espaço. Se Ele não o fizesse, a vida não existiria e nós não iríamos adquirir conhecimento d’Ele e do Universo. Portanto, o que dissemos sobre a Sua Vontade e Destino deve ser considerado à luz dos fatos de que só podemos falar sobre assuntos dentro dos limites de sua vida (limitada pelo tempo, espaço e matéria) e de nossa própria existência.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo